Kefir: O Que É e Como Utilizar?

A palavra “Kefir” é de origem eslava e significa “bem-estar”.

A alimentação saudável tem cada vez mais adeptos e os alimentos que outrora eram desconhecidos, começam a despertar curiosidade.  O Kefir começou a ser mais conhecido por volta dos anos 70, contudo as suas raízes vêm das regiões montanhosas do Cáucaso, há cerca de 4000 anos atrás. Tem sido cada vez mais procurado e popularizado e, por essa razão, esclarecemos todas as suas questões.
O que é? Quais os seus benefícios? Onde é possível encontrá-lo?  Continue a ler o artigo e descubra.

O que é o Kefir?

O Kefir como é conhecido é obtido a partir da adição de grãos de Kefir a um componente líquido (leite ou bebida vegetal). Os grãos são uma colónia de microrganismos vivos formada por bactérias e leveduras benéficas para o organismo, que funcionam em simbiose, e que são responsáveis pela fermentação da bebida. Devido ao processo de fermentação acentuado, o Kefir tem bastante menos lactose que o leite de vaca, podendo até ser ingerido por intolerantes à lactose.

Quais são as mais-valias do Kefir?

  • Facilita a digestão
  • Melhora a absorção de nutrientes a nível intestinal
  • Promove a saúde óssea
  • Fortalece o sistema imunitário
  • Regula o trânsito intestinal

Onde posso comprar Kefir?

O Kefir, sob a forma de bebida já preparada, pode ser encontrado em supermercados ou lojas de produtos naturais. Contudo, os grãos não são tão fáceis de obter uma vez que são tradicionalmente doados e as orientações para o seu cultivo e preparação são passadas “de boca em boca”.

Como deve cultivar e cuidar o Kefir?

A preparação do Kefir é simples, mas são necessários alguns cuidados para garantir as condições ideais para a fermentação.

Comece por colocar os grãos de Kefir num jarro de vidro juntamente com o leite até encher, aproximadamente, três quartos do jarro. O leite utlizado pode ser de vaca, cabra ou ovelha ou, se preferir, pode utilizar bebida de coco, arroz ou amêndoa. Por cada chávena de leite ou bebida vegetal, deve colocar apenas uma colher de sopa de grãos de Kefir.
Depois, basta deixar repousar à temperatura ambiente durante 24 horas para que a fermentação aconteça. Passado este tempo, coe o leite e guarde os grãos com um pouco de leite, para preservar, até nova utilização. Quanto mais elevada for a temperatura ambiente, mais rápida será a fermentação. Se desejar guardar o Kefir sem o reproduzir durante um tempo, pode colocá-lo no frigorífico.

Nota: deverá ter o cuidado de não utilizar instrumentos metálicos e é necessário lavar os grãos de Kefir pelo menos uma vez por semana.

 

Como é aconselhado ingerir o Kefir?

Devido ao seu sabor ligeiramente ácido, o paladar do Kefir pode, inicialmente, parecer estranho. Por isso, é aconselhável que comece com pouca quantidade de cada vez. A porção aconselhada é cerca de 125 a 200ml por dia, equivalente a um iogurte, sendo que pode incluí-lo no pequeno-almoço ou num lanche ao longo do dia.

O Kefir pode ser ingerido simples, misturado com frutas ou cereais ou integrado num smoothie. Também pode acrescentar sementes ou frutos secos, por exemplo.

 

Agora que já conhece este alimento, pode colocar-nos todas as suas dúvidas através do nosso Facebook ou Instagram. Os Nutricionistas Dieta3Passos terão todo o gosto em responder.