Como diminuir a autocrítica?

Como diminuir a autocrítica

 

Sente que não é bom o suficiente? Que não é disciplinado ou não tem força de vontade? Estes pensamentos deixam-no ansioso? Pois é, estes julgamentos ou autocriticas, fazem com que não consiga sentir-se pleno e acabam por ser um entrave para alcançar os seus objetivos. É difícil eliminar totalmente a autocritica, mas existem formas de diminuí-la!

Quer saber como?  A Dieta3Passos® ajuda!

 

Tomar consciência da sua autocritica

Um dos primeiros passos é reconhecer a raiz do problema, ou seja, entender o que está a acontecer e como isso o faz sentir. Quando se reconhece o que está a acontecer, consegue-se procurar soluções adequadas.

 

Compreender a realidade em que se vive

Vivemos numa Era onde  o mundo real e o virtual chocam constantemente e é difícil perceber onde termina um e começa o outro. Mas é importante lembrar que nem tudo o que parece, é! Sejam publicações e poses meticulosamente calculadas ou sujeitas a ferramentas de edição, se parar para pensar, vai perceber que afinal não está ali exatamente o que se pensava.

Então quantas das suas críticas acerca de si próprio são realmente verdadeiras? Tendemos a ser muito pessimistas e a comparar-nos com pessoas que nem conhecemos. Desta forma, é importante ser realista e perceber a verdade à sua volta.

 

Mude o chip

Em vez de dizer que é pior do que alguém, tente mudar o chip e corrigir o pensamento negativo, substituindo-o por um positivo.

O ser humano tem por hábito criticar e pensar de forma negativa, e como tal, acaba por criar uma barreira para a sua evolução. Um dos pontos fulcrais para a mudança é parar de se criticar. E mudar o chip pode fazer mesmo a diferença.

Palavras e pensamentos negativos são como um vício, e a autocritica pode ser muito prejudicial.

 

Aprenda a valorizar as suas qualidades

O Ser Humano, quando pensa em si próprio, tende a focar-se no que está menos bem.

Temos o hábito de destacar os nossos defeitos, e esquecer as qualidades. Na verdade, reconhecê-las não é nenhum defeito, por isso é importante neste processo, lembrar-se delas, mas não comparando com outros. É importante definir e perceber quais as suas qualidades!

 

Assim, é importante perceber que corrigir é diferente de criticar, e como tal corrigir os seus pensamentos negativos é fundamental, tal como ignorar críticas ou arrependimentos. Quando acha que errou, reconheça que o fez, mas siga em frente, não se autocritique. Desta forma, quando tiver um pensamento negativo, tome consciência dele e substitua-o para um positivo. Não seja o seu pior carrasco e lembre-se que pode trabalhar as coisas que mais o desagradam e evoluir sempre!
Se sentir que não consegue fazer esse trabalho sozinho, consulte um dos Nutricionistas da Dieta3Passos® para o ajudar nesta jornada!