Give us a call
808 200 333

Centro de Contacto - Dias úteis das 9h às 18h

Dias úteis das 9h às 18h

Frutas e hortícolas para comer no verão

Frutas e hortícolas para comer no verão
Frutas e hortícolas para comer no verão
Partilhar:
Partilhar:

Já todos ouvimos falar que comer os alimentos da época é melhor, mas já alguém lhe explicou o porquê? Não?

Então venha daí que a Dieta3Passos® vai explicar-lhe tudo o que precisa de saber sobre o assunto.

Alimentos da época: porquê?

Preferir os alimentos da época pode ser a melhor escolha para a saúde (a sua, da sua família e da sua carteira). Ricos em vitaminas, minerais e outros compostos fitoquímicos, as frutas e hortícolas quando em época, estão no auge dos benefícios que nos podem trazer, ou seja, têm ativos os compostos pelos quais nos interessa consumi-los. Lembre-se que estes alimentos têm ciclos naturais diferentes, o que significa que também eles aproveitam melhor os nutrientes que recebem dos solos em alturas específica do ano e têm uma época onde são mais nutritivos.

No verão, onde o calor favorece a perda de líquidos pela transpiração também temos acesso a alimentos com maior teor de água e que favorecem a hidratação, por exemplo, a melancia, meloa, melão, pepino e alface.  Já no Inverno, tendem a surgir gripes e constipações para as quais a otimização do sistema imunitário se torna essencial, conseguimos obter vitamina C através da laranja, kiwi, brócolos, couves e batatas.

 

Nutrição e sabor aliados

Para além de mais nutritivos, quando consumidos em época estes alimentos tendem a ser mais saborosos. O amadurecimento ao sol faz com que estes se tornem mais apelativos em termos de cores e ao paladar. A maturação decorre em condições naturais, tirando partido da natureza, algo que não acontece com alimentos fora de época, que acabam por amadurecer no transporte e/ou local de armazenamento, o que compromete o seu sabor. Não nos podemos esquecer também, que estes alimentos são produtos de consumo rápido e que não devem ser armazenados durante demasiado tempo. Assim que são colhidos, as frutas e hortícolas começam a perder os seus nutrientes. Quando a maturação não ocorre ao sol, mas durante o armazenamento, há mais tempo para que se degradem os nutrientes antes que cheguem à sua mesa.

 

A saúde da carteira e ambiente também contam

Outro fator a ter em conta, é a poupança. Os alimentos da época têm custos mais acessíveis porque a sua produção é mais abundante, não necessitam de tanto trabalho humano, da utilização de (tantos) produtos químicos e transporte, o que reduz o custo de toda a cadeia. Consequentemente, o seu preço é mais baixo, ficando mais em conta para quem compra.

Por fim, ao consumirmos fruta e hortícolas da época estamos a ajudar o meio ambiente, por estimular a compra de produtos locais. A redução da necessidade de transporte de outras zonas geográficas e do gasto energético com o armazenamento, tem também impacto na saúde do nosso planeta.

 

Alimentos da época de verão:

Deixamos-lhe aqui a lista dos alimentos a consumir neste mês de agosto: alho, alho francês, ameixa, amora, ananás (Açores), banana (Madeira), batata, beldroegas, beringela, cebola, cenoura, chuchu, curgete, couve lombarda, feijão-verde, figo, framboesa, grelos, limão, maçã, melancia, melão, meloa, milho doce, mirtilo, morango, pepino, pera, pêssego, pimento, tomate e uva.

 

Ideias-chave:

– Consumir fruta e hortícolas da época é mais vantajoso

– São alimentos nutricionalmente mais ricos, mais saborosos, económicos e ecológicos.

– No mês de agosto estão em época: alho, alho francês, ameixa, amora, ananás (Açores), banana (Madeira), batata, beldroegas, beringela, cebola, cenoura, chuchu, curgete, couve lombarda, feijão-verde, figo, framboesa, grelos, limão, maçã, melancia, melão, meloa, milho doce, mirtilo, morango, pepino, pera, pêssego, pimento, tomate e uva.

Comece agora a fazer por si