Afinal de contas, porquê emagrecer?

porquê emagrecer

 

Mais do que apenas por razões estéticas, a perda de peso traz inúmeros benefícios para a saúde.

Embora a primeira razão seja a grande motivação de muitas pessoas, emagrecer também traz benefícios tanto físicos como emocionais. Ainda que a mudança mais percetível no processo de emagrecimento seja a diminuição do peso e medidas, as transformações mais importantes são, muitas vezes, invisíveis aos olhos, porém extremamente significativas para a saúde.

Quando passamos a perder gordura e a ganhar massa muscular, simultaneamente, o organismo tem a perceção de que não está a “perder”, assim, quanto maior ganho de massa muscular, maior será o metabolismo basal e maior a probabilidade de o organismo utilizar a gordura corporal como “combustível” a gastar.  Então, perder gordura e aumentar massa muscular só acontece em indivíduos não treinados que começam a treinar. O que vemos na bioimpedância são as alterações na proporção de MG/MM vs. Peso total

Quando uma pessoa com excesso de peso ou obesidade emagrece, ainda que seja 5% do seu peso corporal, é possível observar alterações no organismo, tal como a diminuição do processo de inflamação. Também a nível cerebral observamos impactos positivos.

 

A Dieta3Passos® deixa-lhe uma lista de benefícios que podem advir de um emagrecimento saudável:

 

Doenças cardiovasculares, tensão arterial e colesterol

É muito provável que o perfil cardiovascular melhore com o emagrecimento. A perda de peso irá diminuir o risco de AVC e contribuir para a diminuição da tensão arterial. Assim comoirá contribuir para melhorar o perfil lipídico.

A gordura visceral, a mais perigosa para nós, tende a reduzir com a alimentação saudável, atividade física e consequente diminuição do peso. Muitas pessoas sentirão que a melhor recompensa para a perda de peso é o facto de se sentirem mais saudáveis.

 

Regulação da Glicemia e risco de diabetes

O excesso de gordura corporal leva a um aumento do tecido adiposo, o que causa inflamação e interfere na função da insulina, hormona que ajuda a regular os níveis de açúcar no sangue.

A redução de peso corporal melhora o metabolismo e diminui a glicemia. Isto acontece uma vez que o excesso de gordura tende a aumentar a inflamação nos tecidos do pâncreas, órgão responsável por produzir a insulina no nosso organismo. Quando perdemos gordura e aumentamos a massa muscular, é expectável que o nível de glicose melhore.

 

Melhoria no padrão de sono e apneia do sono

Pessoas com excesso de peso são mais propensas a sofrer de apneia do sono, uma condição clínica caracterizada pela respiração interrompida durante o sono. O excesso de peso, pode aumentar a acumulação de gordura na zona do pescoço, obstruindo as vias respiratórias. O emagrecimento pode ajudar muito pessoas com esta patologia, uma vez que pode melhorar a qualidade do sono e reduzir a gravidade da apneia do sono.

 

Maior mobilidade

Perder peso alivia a pressão sobre os joelhos e articulações o que inevitavelmente leva a uma melhoria da mobilidade. O emagrecimento pode levar à redução das limitações da mobilidade e ser uma grande ajuda em situações tão simples da sua vida como caminhar ou subir escadas.

 

Maior autoestima

Embora não haja uma ligação direta entre a perda de peso e autoestima, a verdade é que o emagrecimento pode melhorar o humor e autoconfiança. Descer um número de calças, vestir aquele vestido que adora, mas teimava em não entrar, dá um boost de confiança, sentido de “objetivo cumprido” e sensação de prazer que vão sem dúvida ser muito positivos para a sua autoestima.

 

Algumas pessoas podem precisar de perder mais algum peso para sentir algum destes benefícios, contudo, na maioria das vezes, perder apenas 5% do peso corporal pode trazer inúmeros benefícios para a saúde como os referidos acima. Se precisa de ajuda nesta caminhada ou se tiver alguma questão, marque uma avaliação nutricional com um dos nutricionistas da Dieta3Passos®.