Fazer a mesma Dieta de outra pessoa: será que resulta?

 

Quer mesmo saber a resposta? Aqui vai. Fazer a mesma dieta que o seu amigo ou o “plano” milagre que encontra na internet não é o melhor para si e para a sua saúde.

Ainda por cima, com tantas dietas que existem atualmente, não pode esquecer que algumas delas podem implicar alterações radicais na alimentação. Se não tiver o acompanhamento nutricional adequado, pode colocar a saúde em risco e causar complicações bem mais graves que ter excesso de peso.

Também é muito comum quando alguém vai ao nutricionista, aparecer alguém que diz “foste ao nutricionista? Achas que posso ver o teu plano? O meu objetivo é quase o mesmo que o teu por isso também quero fazer” ou então “foste ao nutricionista? Não sei para quê, na internet encontrei um plano fantástico para perder 10 kg em 7 dias”.

Qualquer uma destas opções, para além de não estar correta, pode ser perigosa para si, uma vez que está a aplicar um plano com restrição alimentar sem qualquer tipo de avaliação.

Quer perceber melhor porquê? A Dieta3Passos® dá uma ajuda.

 

Risco de deficiência nutricional

Regra geral, as dietas sem o acompanhamento de um nutricionista são restritivas, não oferecendo todos os nutrientes que o organismo necessita, podendo ocasionar défice de vitaminas e minerais.

Além disso, se não tem acompanhamento, o seu estilo de vida, os hábitos alimentares e a saúde de cada pessoa não serão considerados. A principal preocupação é que este tipo de dietas não promovem a reeducação alimentar e não existe um acompanhamento do peso perdido.

 

Efeito ioiô

O efeito de perda de peso e consequente recuperação rápida — o conhecido efeito ioiô — é muito comum em dietas sem equilíbrio adequado de nutrientes. É verdade que a perda de peso pode ser mais rápida, mas além da perda de massa gorda, também há redução da massa Com a redução da massa muscular as necessidades energéticas também diminuem mais drasticamente, o que faz com que ao voltar à alimentação dita “normal” volte a engordar. O efeito ioiô também é desaconselhado uma vez que dificulta o processo de emagrecimento com o passar do tempo.

 

Dieta X, 0 Resultados = Frustração

Copiar a dieta de um amigo, de uma celebridade ou retirar um plano alimentar incrível da internet não é boa ideia, uma vez que pode trazer muitas frustrações. É fundamental perceber que o mesmo plano alimentar não se traduz necessariamente em resultados iguais para pessoas diferentes, dado que é sempre preciso ter em conta a genética, a componente hormonal e o metabolismo, assim como fatores sociais e psicológicos.

 

Assim, tenha em conta que quando um nutricionista elabora um plano alimentar, ele tem sempre em consideração vários fatores, tais como o género, idade, se existe alguma patologia associada, alergias ou intolerâncias alimentares, exames bioquímicos, atividade física, função intestinal, hábitos de sono, entre outros. Ou seja, é feita uma anamnese clínica muito detalhada e cuidada para cada pessoa para que haja um aconselhamento personalizado.  Assim, lembre-se que, para chegar aos seus resultados e objetivos, deve sempre lembrar-se que não há duas pessoas iguais e, mais importante, deve respeitar a sua individualidade. A dieta prescrita por um nutricionista é um plano alimentar individualizado e a adaptado, não sendo “chapa 5” para todas as pessoas.

Lembre-se também que o nutricionista é o profissional credenciado e mais indicado para o ajudar a chegar aos seus objetivos de forma mais rápida e eficaz e sobretudo, de forma segura!