Como decifrar rótulos

 

Se se sente confuso quando se trata de ler rótulos nutricionais não se preocupe, não está sozinho. Para fazer escolhas saudáveis é importante saber interpretar o rótulo dos alimentos, o que inclui também as alegações nutricionais.

É sempre importante referir que as embalagens de produtos alimentares são um instrumento poderoso de marketing, são a “cara do produto, e por isso um fator determinante na escolha e consumo dos mesmos. Uma vez que o rótulo ocupa uma parte significante da informação veiculada pelas embalagens, é essencial saber interpretá-la para fazer uma boa escolha.

Em 2017, a Direção Geral de Saúde (DGS) em parceria com a Organização Mundial de Saúde realizou um estudo de modo a avaliar o conhecimento dos consumidores portugueses face à rotulagem alimentar e concluiu que 40% dos consumidores inquiridos não compreendiam a informação nutricional básica presente nos rótulos de modo a fazerem escolhas alimentares mais saudáveis.

De forma a contrariar esta realidade a Dieta3Passos® ajuda a tornar a leitura de rótulos mais fácil e intuitiva. Sempre que olha para o rótulo deve ter atenção às seguintes informações:

Lista de ingredientes

Os ingredientes vêm listados por ordem decrescente em quantidade. Assim, o 1º alimento listado será o que está em maior proporção no alimento e o último em menor.

Data de validade

Importante distinguir “consumir até” e “consumir de preferência antes de”. O 1º implica que o alimento não pode ser consumido depois da data indicada, podendo representar perigo para a saúde. Por outro lado, o 2º indica a data até à qual o alimento conserva as suas propriedades específicas, podendo ser consumido depois do prazo indicado se forem respeitadas as regras de conservação e se passar no teste observar, cheirar, provar.

Alergénios

Mencionados na lista de ingredientes como por exemplo se contém amendoins ou vestígios de frutos de casca rija.

Condições de conservação

Se existem condições específicas para o alimento ser conservado, se necessita de frio, congelação ou estar ao abrigo da luz ou em local seco.

Aditivos

Normalmente reconhece-os pela presença da letra “E” seguida de um número de três algarismos. Devem sempre ser listados uma vez que o consumo de alguns aditivos em excesso pode compreender riscos para a saúde.

 

Quanto à informação nutricional, pode ser uma forma de se compreender melhor o alimento. Se for uma informação nutricional simples, apresentará o valor energético (normalmente em kcal), o teor em proteína, hidratos de carbono e lípidos. Alguns rótulos apresentam ainda o teor em açúcar, ácidos gordos saturados e o teor em fibra.

De modo a facilitar a interpretação nutricional por parte do consumidor foi desenvolvida pela DGS um Descodificador de Rótulos, para alimentos e bebidas. Este descodificador funciona por um código de cores, relativo ao teor de açúcares, gordura e sal, em que a cor verde significa que o produto tem um baixo teor, o amarelo um teor intermédio e a cor vermelha um teor elevado.

 

 

 

Outra forma de interpretar a rotulagem é através do Nutri-Score. O Nutri-Score é um sistema de rotulagem europeu, desenvolvido pela Autoridade de Saúde Francesa, de avaliação de perfis nutricionais que se encontra na frente das embalagens. A escala de cinco níveis, combina letras (A a E) e cores (verde escuro a vermelho), simplificando a informação nutricional numa única pontuação, o que permite ao consumidor escolher alimentos e bebidas mais equilibrados. Assim, a classificação A, verde escura, define os produtos de maior qualidade nutricional, e a E, vermelha, aqueles que devem ser consumidos em menor quantidade de frequência.

 

Contudo esta ferramenta apresenta algumas limitações, o algoritmo do Nutri-Score não contabiliza aditivos, grau de processamento, alergénios, aromas, tamanho da porção e o método de preparação, confeção. Assim, como contabiliza apenas os alimentos/ingredientes em quantidade, o azeite virgem extra, apesar de saudável, terá uma pontuação muito baixa devido ao seu teor em gordura. Por outro lado, cereais de pequeno-almoço são considerados Nutri-Score A uma vez que o ingrediente que se encontra em maior quantidade são cereais integrais.