Alimentos Probióticos e Saúde Intestinal

Alimentos Probióticos e Saúde Intestinal

A saúde intestinal é fundamental para uma boa gestão de peso e bem-estar uma vez que, para além das funções digestivas, o intestino é também essencial para fortalecer a imunidade e até para manter o bom humor.

No nascimento, o intestino é colonizado pelas primeiras bactérias, formando então a primeira microbiota. Contudo, ao longo da vida, esta microbiota vai-se alterando, influenciada pela idade, dieta, exercício físico (ou falta dele), consumo de álcool e/ou tabaco, toma de antibióticos e stress, fatores que contribuem para o desequilíbrio da mesma.

Porém, existem alguns alimentos que podem ajudar a (re)equilibrar esta flora intestinal. Quer saber quais? A Dieta3Passos explica.

O que são alimentos probióticos?

Os probióticos são microrganismos vivos que ajudam na digestão e protegem o organismo contra as bactérias nocivas. Também conhecidos como bactérias “boas”, que podem até pré-existir no intestino, os probióticos também podem ser encontrados em alguns alimentos, como iogurtes, por exemplo.

Existem várias vantagens na ingestão de alimentos probióticos, como facilitar a digestão e absorção de nutrientes e fortalecer o sistema imunitário.

Quais são as vantagens da ingestão de alimentos probióticos?

Quando a microbiota intestinal está em desequilíbrio (algo que pode acontecer após uma gastroenterite, uma época de muitos excessos alimentares ou uso de antibióticos), existe uma diminuição das bactérias “boas” do intestino e um aumento das bactérias “más”. Este desequilibro afeta não só o trânsito intestinal, como também o próprio sistema imunitário.

Aqui entra o papel dos probióticos. Para manter a microbiota intestinal saudável, aconselha-se o consumo de pelo menos um alimento probiótico por dia, especialmente se o intestino está em desequilíbrio. As vantagens são várias:

  • Promove o crescimento de bactérias “boas” no intestino e limita a propagação de bactérias “más”;
  • Regula o trânsito intestinal;
  • Fortalece o sistema imunitário;
  • Previne o cancro do cólon e outras doenças intestinais, como a doença de Chron e a colite ulcerosa;
  • Reduz os sintomas associados a doenças gastrointestinais;
  • Facilita a digestão;
  • Aumenta a absorção de vitaminas e minerais;
  • Melhora o humor – já foi identificada uma relação direta entre o equilíbrio da microbiota intestinal com uma diminuição de doenças como a depressão e a ansiedade.

Quais são os alimentos probióticos?

Quando se fala em alimentos probióticos, é fácil de associar a alimentos como o iogurte, por exemplo. No entanto, existem outras opções que pode incluir na sua alimentação:

Kefir – produto obtido pela adição dos “grãos” de kefir ao leite, água ou bebida vegetal. O seu aspeto final e textura são semelhantes às do iogurte, contudo o sabor é mais ácido

Chucrute – uma conserva de repolho fermentado cortado em tiras finas, considerado um prato típico alemão.

Miso – pasta de soja fermentada utilizada na elaboração da sopa miso e produzida a partir de feijões de soja cozidos, salmoura e cereais (cevada ou arroz).

Kimchi – prato originário da Coreia, composto por vários vegetais fermentados (couve, acelga, rabanetes) com alho, gengibre e outras especiarias.

Kobumcha – bebida agridoce obtida a partir da fermentação do chá ou outras infusões ricas em cafeína.

Para esclarecer as suas dúvidas, fale com o seu Nutricionista. Disponível num Ponto de Consulta perto de si ou online.