5 Dicas para um Pequeno-Almoço Saudável

 

É do conhecimento popular que “o pequeno-almoço é a refeição mais importante do dia”. Se o é efetivamente ou não, é discutível… Mas não há dúvidas de que um pequeno-almoço saudável e completo lança o mote ideal para o início de um dia que tem tudo para correr bem.

Sabe quais as regras para um pequeno-almoço equilibrado, saciante e que lhe dará energia para um dia inteiro? A Dieta3Passos dá uma ajuda:

  1. Pense em salgado, não em doce

É comum os pequenos-almoços terem uma conotação mais doce – seja com cereais açucarados, panquecas com chocolate e fruta ou através do uso de compotas no pão. Contudo, este tipo de pequenos-almoços, quando ingeridos de forma diária, pode levar a um aumento do açúcar no sangue e consequente pico de insulina. Por sua vez, este aumento vai fazer com que tenha fome mais cedo, que seja provável ter mais vontade de ingerir alimentos açucarados ao longo do dia e, por fim, não vai ajudar o seu emagrecimento.

Em alternativa, prefira um pequeno-almoço mais “salgado”: uma fatia de pão com abacate e ovo escalfado, parece-lhe bem?

  1. Dê prioridade à proteína

A proteína é um dos nutrientes mais saciantes, daí a sua importância não só no pequeno-almoço, como também em todas as refeições ao longo do dia. Porém, os seus benefícios não ficam por aí! Consumir uma boa quantidade de proteína de alta qualidade também ajuda na manutenção da massa muscular, mesmo durante uma dieta de emagrecimento. Por isso, inclua um ovo ou laticínio no seu pequeno-almoço, vai sentir a diferença!

  1. Não deixe os hidratos de carbono sentirem-se sozinhos

O pão é o melhor amigo dos seus pequenos-almoços? Ou é da equipa dos que não conseguem passar sem a fruta pela manhã? Em ambos os casos, há uma regra importante a seguir: não deixe os hidratos de carbono sentirem-se sozinhos. Por isso, combine-os com uma fonte de gordura (insaturada, de preferência), como o abacate, nozes ou amêndoas, e uma proteína, como o ovo, charcutaria de aves, salmão fumado ou um laticínio.

  1. Não beba calorias

O café é um componente essencial das manhãs de muitas pessoas. Contudo, por vezes, os ingredientes que lhe são adicionados (como o açúcar, natas, leite gordo, chocolate em pó, entre outros), criando bebidas cafeinadas como o cappuccino ou o mocaccino, tornam uma opção amiga do emagrecimento numa autêntica bomba calórica! Por isso, prefira beber o café simples, sem açúcar, ou apenas com leite (magro, de preferência).

Também é importante evitar sumos, mesmo que naturais. Um sumo, por não ter a fibra da fruta presente, irá fazer com que o açúcar seja muito mais rapidamente absorvido e irá levá-lo ao consumo de demasiada fruta. Já pensou em quantas laranjas são necessárias para encher um copo de sumo?

  1. Sente-se a comer e coma devagar

É comum, para muitos, que o pequeno-almoço seja tomado a caminho do trabalho, a pé, no carro ou nos transportes públicos. Contudo, este é um erro a evitar. Logo, sempre que possível, sente-se à mesa para tomar o pequeno-almoço. Assim, vai comer mais devagar, mastigar mais os alimentos (o que, por sua vez, vai facilitar a digestão), saborear melhor a refeição e sentir-se satisfeito mais cedo. Apesar de sabermos que isto pode nem sempre ser possível, se reservar mais 5 ou 10 minutos para o seu pequeno-almoço, vai logo começar a sentir as diferenças.