10 dicas para tornar a sua próxima viagem mais saudável

 

Chegou o verão e com ele tempo para viajar e conhecer o mundo. Seja dentro ou fora do país, viajar será sempre uma experiência que lhe irá agregar sabedoria e novas formas de ver a vida.

Mas se está numa fase de maior cuidado com a sua alimentação, ou mesmo em dieta, sair da rotina pode ser um desafio acrescido. Contudo, nada tema!

A Dieta 3 Passos® vai dar-lhe 10 dicas simples que o irão ajudar a manter a saúde e os seus objetivos enquanto dá a volta ao mundo!

  1. Aproveite para aumentar a atividade física

Já que vai viajar, a melhor forma de o fazer é mesmo a pé. Não falamos de grandes percursos entre países ou localidades (a não ser que o queira fazer), mas dentro das cidades, parques, praias e outra zonas onde a natureza predomina. Assim terá acesso aos recantos mais escondidos e poderá aproveitar na totalidade a sua experiência enquanto garante a sua atividade física.

Se preferir, a bicicleta também poderá ser opção.

 

  1. Hidrate-se

Se às vezes já é desafiante garantir a hidratação no dia-a-dia, quando saímos da rotina a coisa complica-se. No entanto, se está mais ativo e, sobretudo se vai viajar para locais ou em épocas mais quentes do ano, é importante que garanta que consome líquidos em quantidade suficiente. O truque é ter sempre uma garrafa consigo e ir bebendo ao longo do dia. E se está preocupado com ter locais onde possa ir à casa-de-banho enquanto está fora, lembre-se que os seus níveis de transpiração também irão aumentar e estará a perder água dessa forma.

 

  1. Leve snacks consigo

Nada pior que a fome chegar e não estar prevenido, certo? E a situação agrava-se se estiver numa zona onde as opções disponíveis para fazer uma refeição não são as melhores ou as mais alinhadas com o que pretende. Conhece o provérbio “homem prevenido vale por dois”? Então siga-o e leve consigo snacks práticos e fáceis de transportar como fruta, frutos secos, ovo cozido, palitos de vegetais/tomate cherry, iogurtes magros, mini queijos light ou algum snack  da nossa linha de alimentação.

 

  1. Tome um bom pequeno-almoço

Passar noites fora é sinónimo de sonhar com o pequeno-almoço de hotel, certo? Quem nunca… Apesar de, nessas circunstâncias, estar sujeito a muito mais ofertas tentadoras, também terá certamente boas opções para começar o seu dia da melhor forma. Opte por ter pelo menos uma fonte de proteína, como ovos ou iogurtes e queijos magros, e uma fonte de hidratos de carbono, como pão e cereais integrais ou fruta. Dessa forma irá garantir a energia que necessita e a sua saciedade será mantida durante mais tempo.

Se estiver num contexto em que terá de preparar o seu pequeno-almoço, as mesmas opções acima são válidas.

 

  1. Escolha os pratos regionais que mais lhe interessam

Não é só através da deslocação física que se viaja e conhece o mundo. A gastronomia é outra forma de explorar os locais que visita. Mas se está a tentar manter-se focado e alinhado com os seus hábitos alimentares, isso não significa necessariamente privar-se de experimentar a cultura local dessa forma. Pesquise que pratos são típicos da região para onde vai e selecione aqueles que tem mesmo curiosidade em experimentar, sabendo que quanto mais refeições faz fora da rotina, mais irá afetar os seus objetivos. Se viajar com outras pessoas, pode sempre dividir pratos ou porções e terá a oportunidade de experimentar mais coisas.

 

  1. Invista no Slow Food

No seguimento do ponto anterior, não irá aproveitar a gastronomia local se optar por restaurantes de fast-food, sobretudo se estivermos a falar de cadeias internacionais. Opte por escolher restaurantes locais onde possa disfrutar na totalidade da sua experiência gastronómica. Para além de conhecer os sítios através da culinária, ainda conseguirá certamente encontrar opções mais saudáveis e menos processadas.

 

  1. Tenha atenção ao álcool

Repleto de “calorias vazias”, por não fornecer nutrientes, o álcool vai aumentar o seu consumo energético sem lhe trazer saciedade. Significa isso que que não pode beber enquanto estiver em viagem? Não! Apenas que o deve fazer com moderação e consciência.

 

  1. Descanse e relaxe

Não se esqueça que ir de viagem também implica algum desgaste físico e, que por isso, é importante que tire algum tempo para descansar. Se estiver demasiado exausto, irá sentir-se mais tentado a consumir alimentos menos interessantes do ponto de vista nutricional e terá menos capacidades de fazer escolhas adequadas.

 

  1. Durma o suficiente

Intimamente relacionado com os níveis de cansaço, garanta que consegue dormir horas suficientes ou que as horas que dorme lhe permitem recuperar de forma satisfatória.

 

  1. Cozinhe, sempre que possível

Quando estamos fora de casa em viagem, nem sempre é possível (ou queremos) preparar as nossas próprias refeições, no entanto, esta é a forma mais eficaz de garantir que nos estamos a alimentar da forma mais adequada. Mesmo que não seja a totalidade das refeições, se tiver a possibilidade, cozinhe algumas das suas refeições. A sua saúde e carteira agradecem!